segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O desenho e a frase

O desenho que é de um cara que desenha bem e uma frase que define meu estado.

O desenho

A frase
"Esqueci a palavra que pretendia dizer, e meu pensamento, privado de sua sustância, volta ao reino das sombras " (O. Mandelstam)
O problema é que a moça não pode falar com a rapaz. Ele a bloqueou, estavam perto demais...

14 comentários:

Anônimodisse...

e também porque ele deletou a conta, ou pelo menos mudou a senha e a jogou fora pra não poder mais entrar.

O problema é que estamos longe demais e temo por tudo que eu não possa abraçar e manter nos braços ocmo desenho.

bjos, márcio

Liliam Freitas disse...

Ele é mau, pior como pica pau. A conta dela vai continuar a mesma, ela vai incurtar a distância. Meados desse ano ela vai na cidade dele, quero ver o que acontece.
Vou colocar o um texto que fala que mostra a esperança dela: Meias Vermelhas

Márciodisse...

ele não salvou e-mails, salvou nada, se desfez até dos livros beats e das fotos da guria. mas é difícil, começa assistir Ray e cada mulher na vida de Ray, da mãe até as amantes, faz lembrar da guria. Engraçado que nenhuma dos personagens é igual, cada um tem seu jeito, a mãe objetiva e sábia, a mulher com ternura, uma amante um demônio e a outra amante tá por acaso em tudo.

Liliam Freitas disse...

Os emails com letras de Dorival Caymmi e Chico Buarque, desenhos e foto dele estão na caixa de mensagem dela. A última foto que ele enviou está na computador dela. Ela sabe que seria bobeira apagá-los.

Ontem foi engraçado ontem a vida dela. A menina ficou até de manhã no computador terminando seu projeto monográfico. Foi dormir as 6 da manhã, acordou as 13 h, saiu de casa para falar com o chefe as 17h, passou no supermecado para comprar pão. Na volta para casa pegou o ônibus errado, pegou outro carro para poder chegar em casa. No meio do caminho comprou um filme Se eu fosse você. Perto de casa encontrou um colega, ele conversaram e ela teve a certeza que eles não combinam um com outro, ele é do tipo que classifica mulheres em consumivéis ou não.
O bom será o filme que ela irá assistir com seu irmão. Filme com Tony Pires e Glória Ramos, um longa que ela já viu, e vai rever. Vale a pena ver de novo. Já pensou se a menina fosse o moço que apaga as emails mas não consegue deletar da sua mente?! Se ela fosse ele?

Liliam Freitas disse...

Ela espera que ele leia o texto Meias Vermelhas, é pra ele

Anônimodisse...

Estranho ela esperar que ele leia o texto do menino das meias vermelhas, afinal, ele já leu faz tempo.

Eu tava me perguntando como dá pra classificar as mulheres do jeito dessa pessoa, mas agora entendia que ele não se referia ao consumismo delas e sim dele com elas.

Ele ontem foi dormir tarde, assistindo "Gosto de Cereja", após receber uma carta com o tal filme.

Se ela fosse ele talvez ele não teria jogado tantas opoturnidades foras, como fez, ela teria passado no técnico na primeira tentativa, teria entrado na faculdade em psicologia na primeira e certamente estaria muito ocupada pensando na monografia desse ano, porque se ela fosse ele, e isso indicasse um pouco mais de determinação, ele talvez nem saberia dela, haveria menos dor, é claro, mas as vezes é bom sofrer um pouco de saudade pelas ilhas de Tristão e Isolda que ele nunca visitou mas já pensou um monte dentre outros lugares e pessoas.

Anônimodisse...

p.s.: dantasdemedeiros@gmail.com

é um e-mail que ele pretende nunca deletar.

Liliam Freitas disse...

Que bom que o mocinho já leu meias vermelhas, ela crê que ele seja também aquele garotinho. De certa forma, a mocinha da história pensa que é sempre bom reler as boas coisas, isso inclui Cony.

O mocinho não se deu conta que a garota não é nenhum gênio. É um garota determinada e que se esforça. E vai descobrindo e que já levou algumas pancadinhas da vida, mas que não teve tempo para chorar e se lamentar.

Não passou na primeira tentativa que era Psicologia. Foi pra outra,não passou em uma e passou na outra. Chorou tanto, pensou que passaria o dia, mas as lágrimas não vinham, depois de uma semana saiu o resultado da outra faculdade. O sorriso foi incontrolável, ela ligou para a pessoa mais importante da vida dela. Nesse momento o aparelho estava trancado no cadeado, ela destrancou e tremendo ligou para mãe que não pudia atender. Mas deixou o recado que tinha passado.

A ficha não tinha caido, ela não tinha computador em casa. Ouvia pelo rádio a classificação, ela não acreditava que o nome que era dela era ela. Ela consegiu, rezava tanto, a mãe então... Parece cena de cinema, ela foi correndo contar para mãe pessoalmente, telefone não conta.

Será para que ele fala que não deletou a outra conta e diz para ela que conta é essa? Uma aproximação?!

Anônimodisse...

ela acaba de mostrar que ele continua se desligando da realidade ao fiar aqui, e pior, traçando contatos novamente.

desculpa

Liliam Freitas disse...

Ele mostra que não é fácil se desligar, e não é apenas do PC. Ela pensou no que ele escreveu e resolver dizer que o mocinho pode ser dá uma chance e cursar também Direito. Não é isso que ele quer?! Então mãos a obras! Pega o edital, ver os assuntos, pega o livro e voltar a estudar. Não fala pra ninguém, faz no calado. Assim que eu fiz. Aí no dia da matrícula ele avisa toda a galera.

Qdo se estar em uma graduação fica mais fácil entrar em outra, pelo menos é que vi na minha sala de faculdade. Ele vai se sentir bem, se não passa agora, vai até o fim, faz como muitas pessoas que vi para fazer Medicina. Dá o sangue

Liliam Freitas disse...

Ela tem medo de entrar em contato com ele novamente! Sabe!!! As vezes, ela sentia aquele medo na barriga quando ele a chamava pelo nome, de querida, qdo dizia Adeus e ela tentava remediar. Mas acho que eles falam. Tem outro jeito?!Ela sente falta de alguém no msn, da boa conversa, da vida, das construções frasais do inventivo e dos causos deles...Ela manda beijinhos

Anônimodisse...

ele se sente menos vivo hoje, que nem o taxista de 'colateral', o filme, mas no fim de oclateral o taxista tenta mudar a vida. mas márcio, o que tomou mania de falar sobre si na terceira pessoa, sente como se deixassem ele num buraco talvez ele permancesse lá.

ele tá morto.

e é bom a moça ter medo de entrar em cotnato com os mortos, eles não tem nada de bom.

Liliam Freitas disse...

Ela não tem medos de mortos, e sim dos vivos. Hoje novamente ela não tomou café da manhã. Saiu as 9h 20 min de casa, foi pagar a fatura da mãe no banco e também selecionou alguns filmes para um colega. Do banco foi a universidade comer no RU. Depois voltou para casa, e ficou pensando no que ele responderia.

Ontem ela ouviu muitos foguetes. Tinha saído o resultado do vestibular da Universidade Federal do Maranhão que fora divulgado lá para 21h.

Ela ficou pensando se ele ia seguir os conselhos dela ou o que tinha achado. A mocinha sabe que o garoto não gosta muito de sair, ela também ta quase assim e olha que ela já foi uma baladeira hormonal, ele poderia aproveitar para estudar. Sair da tela do pc pro livro, que tal?

Ela deseja um bom carnaval, ela vai passa esse carnaval no interior da casa dela, rs

estudando e sentindo saudades dele. E será que ele sente dela?! Será que ele admite!

Liliam Freitas disse...

"É mais fácil
Cultuar os mortos
Que os vivos
Mais fácil viver
De sombras que de sóis
É mais fácil
Mimeografar o passado
Que imprimir o futuro...

Não quero ser triste
Como o poeta que envelhece
Lendo Maiakóvski
Na loja de conveniência
Não quero ser alegre
Como o cão que sai a passear
Com o seu dono alegre
Sob o sol de domingo...

Nem quero ser estanque
Como quem constrói estradas
E não anda
Quero no escuro
Como um cego tatear
Estrelas distraídas
Quero no escuro
Como um cego tatear
Estrelas distraídas...

Amoras silvestres
No passeio público
Amores secretos
Debaixo dos guarda-chuvas
Tempestades que não param
Pára-raios quem não tem
Mesmo que não venha o trem
Não posso parar
Tempestades que não param
Pára-raios quem não tem
Mesmo que não venha o trem
Não posso parar...

Veja o mundo passar
Como passa
Uma escola de samba
Que atravessa
Pergunto onde estão
Teus tamborins?
Pergunto onde estão
Teus tamborins?
Sentado na porta
De minha casa
A mesma e única casa
A casa onde eu sempre morei
A casa onde eu sempre morei
A casa onde eu sempre morei..."

Tá aí meu conterrâneo, já que estpa muerto, rs. Creio que vou pra Pasárgada

Postar um comentário

Fiquem a vontade. Para nós que fazemos o pontoinicial seu comentário é importante, tipo assim: importantão.Levantamos a tese, questionamos e esperamos que as pessoas leiam, entendam, gostem e se posicionem. Assim, melhoramos a escrita e a forma de abordagem. texto